Dicas

Minha piscina está com a água verde. O que fazer?

Você ficou algum tempo fora ou teve um temporal e sua piscina está com a água verde. Se você não sabe o que fazer, leia este artigo e encontre tudo o que precisa para solucionar este problema.

Conhecendo as possíveis causas:

Definitivamente não é nada agradável olhar para a sua piscina e notar que a água está verde. Sobretudo se você tinha planejado aproveitar um ótimo final de semana ou feriado de sol com a família e os amigos. A primeira atitude que deve ser tomada é descobrir a origem do problema, que pode estar listada abaixo:

  • Proliferação de algas => Normalmente este evento pode ocorrer posteriormente a períodos de fortes chuvas e ventos, que trazem material orgânico para a piscina. O tom esverdeado é reflexo da clorofila, pigmento indispensável para a fotossíntese das algas e por consequência o PH da água fica abaixo de 4,7.
  • Acúmulo de metais => Principalmente se a piscina foi abastecida com água de mina, poço ou lago, ela pode apresentar metais, especialmente o cobre. Uma vez em contato com o cloro, esses metais reagem e formam sais que agrupados resultam em uma crosta. É ela a responsável por tornar a tonalidade da água verde, enquanto libera seus componentes e ao mesmo tempo que se deposita à volta da piscina.
  • Tratamento inadequado => O tratamento da piscina é de suma importância para manter a água saudável. Falta de aplicação de produtos ou aplicação indevida levam ao desequilíbrio e podem promover um ambiente propenso às outras duas ocorrências citadas anteriormente. Um exemplo disto, é o uso excessivo do ácido cianúrico (com concentração acima de 100ppm), pois em situações como esta ele pode inibir a ação do cloro e criar um ambiente favorável para a proliferação das algas.

Conhecendo os riscos:

A água da piscina verde é um sinal de que ela não está equilibrada e devidamente tratada. Consequentemente, ao entrar em contato com ela você está se expondo à contaminação por diversos microrganismos que podem causar desde irritações na pele a doenças. Portanto, evite contato enquanto a água não estiver com seus parâmetros regularizados.

Identificando as causas:

A fim de identificar o que está deixando a água da piscina verde, faça um teste. Separe parte da água em um balde de plástico limpo. Em seguida, acrescente em torno de 01 colher de sopa de cloro e mexa bem. Após uma hora, cheque a cor da água. Se estiver em tom enferrujado, possivelmente o problema está na quantidade elevada de metais na água. Caso essa coloração não se apresente, trate como proliferação de algas.

Como tratar:

Logo depois de fazer o teste do balde você detectou que o problema foi causado por excesso de metais. Então siga o passo a passo abaixo (sempre observando as indicações do fabricante do produto escolhido):

  • Supercloração;
  • Aplicação de Clarificante Líquido;
  • Assim que a decantação dos metais finalizar, aspire rapidamente o fundo da piscina com o filtro no modo drenar. Lembre-se de que estará liberando água pelo esgoto, então seja breve e objetivo na aspiração. Faça isso no mesmo dia para evitar manchas no revestimento;
  • Complete o nível da água, respeitando as condições de tratamento.

Agora, se o tratamento for contra a proliferação de algas, siga os passos abaixo (lembre-se de sempre atentar às orientações do fabricante):

  • Caso haja material orgânico na piscina, peneire e retire tudo o que for possível. Em seguida, escove todas as paredes laterias com a escova acoplada à haste da peneira e depois faça isso no fundo. Esta etapa é muito importante para que o problema não volte a ocorrer;
  • Posteriormente, faça os testes de alcalinidade e PH da água. A faixa ideal de alcalinidade é entre 80 e 120ppm e a do PH, entre 7,2 e 7,8. Faça primeiro a correção da alcalinidade e posteriormente a do PH, pois é a alcalinidade que torna o PH menos sensível à variações. Se você não está habituado com esses processos, use um kit de medição e siga as instruções do fabricante do produto escolhido;
  • Aplique clarificante líquido e ligue a bomba na posição recircular por uma hora ou movimente muito a água com a haste da peneira;
  • Aplique algicida de choque, aguarde 15 minutos e desligue o sistema de filtração. Deixe agir por 12 horas;
  • Aplique floculante e ligue o filtro na posição recircular por 30 minutos, ou que o fabricante indicar.
  • Aspire rapidamente o fundo da piscina com o filtro no modo drenar. Lembre-se de que estará liberando água pelo esgoto, então seja breve e objetivo na aspiração;
  • Reponha a água perdida na drenagem;
  • Faça a cloração e não esqueça de usar proteção nas mãos e no rosto;
  • Limpe a borda da piscina na parte seca com uma esponja de lavar louças e um detergente para este fim;
  • Aguarde um dia e refaça os testes de parâmetros de alcalinidade, PH e cloro (que deve marcar entre 0,5 e 5ppm). Estando tudo ok a piscina está liberada para uso.

Como evitar que a água da piscina fique verde?

É de suma importância que você tenha tratamento adequado e constante na sua piscina. Para isto, existem vários tipos de profissionais no mercado que podem te auxiliar nesta missão. Embora estejamos dando dicas sobre o processo, queremos ressaltar que é imprescindível que você tenha o suporte de um profissional experiente e qualificado, a fim de evitar gastos e danos desnecessários à sua piscina.

Aplique constantemente os testes da água da piscina e faça as correções frequentemente. Lembre-se de que épocas de chuva ou de uso muito frequente requerem mais atenção. No mais, divirta-se!

 

Fontes: Tudo Sobre Piscina / HTH / Piscina Fácil / Piscinas.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *