Piscina compartilhada e a COVID-19

Em tempos incomuns como estes precisamos nos questionar para nos manter seguros.

Esse ano, a maior parte dos feriados passamos em quarentena e, agora que as cidades estão flexibilizando o acesso à áreas públicas, estão surgindo questionamentos sobre a segurança de algumas atividades. Dentre elas o uso de piscinas em hotéis, pousadas e até mesmo em casas de aluguel para temporada. Afinal, é seguro usar a piscina?

Com a chegada do verão, a tendência é levarmos a vida mais ao ar livre o que, em tese, diminuiria as aglomerações em ambientes fechados. Mas e quando vamos passar um tempo em um ambiente compartilhado? Quais os cuidados devemos tomar?

A boa notícia é que o vírus da Covid-19 não transmite na água!

Estudos realizados apontam que o vírus permanece menos tempo no ar do que em superfícies, então usar a piscina não é um problema, pois o vírus não transmite na água, e uma rotina de manutenção e desinfecção com cloro já é suficiente para neutralizar o vírus.

Se você se sentir mais seguro, peça para o local onde você está hospedado lhe informar o calendário de limpeza das piscinas neste momento. 

O grande problema está na aglomeração dentro e fora da piscina, principalmente em clubes e condomínios. 

O uso das escadas que dão acesso à água, registro de chuveiros e duchas, são lugares onde podem conter o vírus e a grande circulação de pessoas nesse local podem causar o contágio, mesmo a piscina estando 100% segura.

Em hotéis e pousadas com acesso liberado ao ambiente das piscinas e área de descanso com redes ou espreguiçadeiras podem ser um problema, ainda que sejam afastadas umas das outras.

Pela regra, não é necessário usar máscara dentro da piscina, o uso da mesma deve ser feito assim que sair para circular nos espaços comum dos hotéis e pousadas mas, ainda sim o ideal é manter sempre o distanciamento físico.

Para pessoas que tem piscina em casa, não é por que a piscina é particular que podemos reunir amigos e curtir uma festa, temos que considerar que nem todos conseguiram ficar mais isolados em casa, por motivos de trabalho ou outros. O fato é que precisamos lembrar que algumas pessoas podem estar doentes e não apresentar nenhum sintoma e com isso levar o vírus para dentro de sua casa.

Então lembre-se:

  1. Manter o distanciamento social é crucial para manter a nossa segurança em todos os lugares
  2. Apesar do vírus não ser transmitido na água, o ambiente como um todo requer precaução da nossa parte. 
  3. Manter um distanciamento seguro dentro das piscinas em lugares coletivos é extremamente recomendado, uma vez que as pessoas não estarão de máscara. 
  4. A limpeza e manutenção das piscinas contribui muito para evitar a propagação do vírus. Para saber mais sobre as Boas práticas de manutenção de piscinas, acesse nosso conteúdo aqui

E, por fim é sempre bom ressaltar que infelizmente o vírus ainda está circulando e, mesmo com as flexibilizações devemos estar atentos aos cuidados necessários para a nossa segurança e a de todos! 

Como o revestimento pode afetar a iluminação da piscina

Hoje em dia virou tendência ter uma piscina iluminada. O momento ideal para dar atenção a iluminação e revestimento da piscina é ainda no briefing do projeto, levando em conta se o cliente quer uma piscina bem iluminada ou mais discreta.

Uma piscina bem iluminada ajuda a evitar acidentes, pois facilita a visualização dos degraus e quinas, e caso animais ou crianças caiam na água fica mais fácil visualizar, aumentando assim a segurança do usuário.

E para essa iluminação ser eficiente, além de bons refletores, temos que levar em conta o tamanho do tanque e o tipo de revestimento, acreditem esses detalhes são muito importantes, pois cada um deles interfere de um jeito no resultado final, o que serve para piscinas retangulares pode não servir para as redondas. Da mesma forma a cor do revestimento pode influenciar nessa escolha. Um revestimento mais claro reflete melhor a luz do que um revestimento mais escuro.

Como pode ver nas simulações abaixo, o revestimento muda totalmente o quão bem iluminada a piscina ficaria. Com revestimento preto, a área iluminada é minúscula, enquanto com revestimento claro, como o azul-claro, a área iluminada é bem maior.

*Nessas renders, foram utilizados cores diferentes para as paredes, mas a luz e câmera não foram alteradas.

Então na hora de projetar sua piscina, lembre-se: Cores escuras e foscas absorvem a luz e cores claras e brilhantes refletem. Elas influenciam e muito no efeito final da piscina. Quanto mais claro for o revestimento a luz terá uma maior reflexão e a iluminação atingirá seu potencial máximo, destacando melhor as cores, a medida que vamos escurecendo o revestimento a iluminação será prejudicada, sendo necessário aumentar a quantidade e potência dos refletores para que a piscina fique bem iluminada e sem sombras.

Lembre-se que a decisão final é sempre do cliente, cada um tem suas preferências, o que agrada um pode não agradar o outro. Por isso, não assuma que o que você acha bacana vai agradar a todos, leve em conta a opinião do cliente, evitando que o mesmo fique insatisfeito.

Quero uma piscina, e agora?

É realmente agradável e enriquecedor ter uma piscina em casa, pois ela proporciona conforto e lazer garantidos.
Mas construir uma piscina em casa requer alguns cuidados. Pode parecer simples, mas não é bem assim… Temos que ter em mente algumas precauções e saber que não é da noite para o dia, pois uma obra bem feita precisa de tempo para elaboração e execução.
O ideal é consultar um arquiteto para que tudo seja realizado da melhor maneira e de acordo com o orçamento, espaço disponível e criatividade.

Tipos de Piscinas

Concreto ou Alvenaria

Esse tipo de piscina pode atender a todos os tipos de gostos, pois permite que você personalize o formato e tamanho desejados. O acabamento pode ser realizado com azulejos, pastilhas coloridas e pedras, pode abusar e brincar com a criatividade. Um fator importante desse tipo de piscina é a maior durabilidade e resistência. Por se tratar de um projeto único e personalizado, tende a ser um pouco mais caro do que outros modelos já prontos. Outro ponto importante é que a manutenção deve ser feita com limpeza cuidadosa nos rejuntes e é necessário fazer impermeabilizações constantes.
Esse tipo de piscina demanda mão de obra com escavação e infraestrutura.

Fontes: patrickspools.com
  • Vantagens: Nesse modelo de piscina a criatividade não tem limite. É possível projetar do tamanho e formato que desejar, respeitando sempre o espaço disponível.
    Outro ponto importante é que a piscina de alvenaria tem alta durabilidade e resistência.
  • Desvantagens: Se o projeto não for bem executado por profissionais capacitados, podem surgir fissuras ou rachaduras. Este tipo de acabamento com pastilhas pode apresentar soltura ao longo do tempo.

Fibra de vidro

Esse tipo de piscina apresenta modelos já pré-fabricados, fáceis e rápidos para instalar. A fim de proporcionar opções mais diversas e atender aos diferentes gostos, a indústria já oferece algumas opções com possibilidade de personalização, inclusive com acabamento pastilhado e dispositivos em Aço Inox, como a linha Creativity. Por serem modelos pré-moldados, têm um melhor custo benefício e demandam menos esforços na manutenção. É necessário ter atenção com a limpeza das paredes lisas para que não fiquem com manchas de algas ou cloro.

Fontes: woodfieldoutdoors.com
  • Vantagens: Diferente das piscinas de alvenaria ou concreto esse tipo de piscina dificilmente vai trazer problemas com infiltrações ou fissuras. Têm fácil instalação, levando de 1 a 2 semanas para finalizar o processo. Podem ser instaladas enterradas ou em acima do terreno contornadas por decks de concreto ou madeira.
  • Desvantagens: Por serem pré-fabricadas, não permitem personalização de modelo e tamanho. Os modelos já estão prontos e isso pode dificultar a colocação em certos lugares da casa. Em situações em que o acesso ao local onde deseja colocar a piscina seja estreito, isso pode tornar inviável a instalação da mesma, sendo necessário optar por outro modelo ou tipo de piscina.

Vinil

Esse modelo tem um custo mais baixo quando comparado às piscinas de alvenaria. Dispensa a necessidade de impermeabilização e revestimento. As piscinas são construídas em alvenaria e recebem o acabamento Vinil nas paredes. No mercado já existem muitos formatos e tamanhos desse tipo de piscina. A durabilidade é mais curta que os outros modelos pois se trata de um material mais frágil e de menor duração e que pode ser danificado com facilidade no caso de algum objeto cortante cair na piscina.

Fontes: centurypoolsfl.com
  • Vantagens:  Como a piscina de alvenaria, pode ser executada em vários formatos e tamanhos. A principal diferença é que o acabamento é feito com manta Vinílica ao invés de pastilhas e pedras. Esse material é de fácil limpeza, pois possuem uma superfície lisa e sem rejuntes. O Vinil pode ser encontrado em diversas estampas e cores.  
  • Desvantagens: Vinil é um material mais frágil e a sua durabilidade não é longa, podendo ser afetada facilmente pelo uso de produtos químicos ou excesso de cloro. Como o acabamento é feito com uma espécie de manta, deve -se tomar cuidado com objetos cortantes para que não se corra o risco de furar ou rasgar o vinil.

Planejamento

É necessário fazer um projeto para ter um direcionamento e prazos, definir qual o tipo de piscina, lugar, o formato, o valor que será investido, os acessórios e o revestimento que serão usados.

 

  1. O lugar para construção deve ser plano, não ter eletricidade ou fios elétricos que passem perto de onde será construída a piscina.
  2. Escolher o local onde será instalada a casa de máquinas. A construção da casa de máquinas é necessária para todos os tipos de piscinas. Esse será o lugar em que a bomba e o filtro serão instalados. Alguns profissionais instalam o quadro de comando que controla a iluminação da piscina também, porém aqui na Cristal, não recomendamos.  O espaço tem que ser suficiente para que uma pessoa possa ficar em pé para poder realizar manutenções e trocas de peças.
  3. O formato da piscina deve ser compatível com a área a ser construída. Nessa etapa devem ser decididos a profundidade e modelo.
  4. Você fará um investimento expressivo! Por isso procure por um profissional qualificado (engenheiros, construtores e eletricistas) e experiente e opte por um material com longa vida útil e seguro. Existem empresas especializadas que fazem desde o projeto até a execução da obra.
  5.  O tipo de revestimento deve ser escolhido junto ao profissional contratado para realizar o projeto, a fim de ter sua experiência como aliada.

Profissional

Para que tudo corra bem, a construção da piscina deve ser realizada por mão de obra especializada. Evite aventureiros, pois isso poderá gerar retrabalho e muito prejuízo. Faça pesquisas com pessoas conhecidas que já passaram por esse processo. Pesquise sobre a empresa na internet, não feche o negócio sem pesquisar antes, pois como dizem, “o barato sai caro”.  O profissional a ser escolhido para realizar a construção deve ser credenciado. Lembre-se, a ideia é que tudo corra bem e não existam erros. Além da beleza, a segurança de sua família e amigos são primordiais.

Quem são esses profissionais?

  • Arquiteto: Ele será o responsável pelo projeto é ele quem vai colocar suas ideias no papel, ajudando a escolher o melhor tamanho e formato de acordo com seu espaço disponível. Ele também será responsável pela aprovação da construção junto a prefeitura.
  • Engenheiro: Ele acompanhará o projeto do início ao fim, da elaboração ao acabamento, cuidando dos recursos, prazos e instalações. Ele será o responsável para que tudo seja feito como sonhou.
  • Construtores: eles são os responsáveis por fazer acontecer, o pedreiro faz os revestimentos básicos e acabamentos em geral, o encanador vai fazer a parte hidráulica, o eletricista vai cuidar das ligações elétricas.

Existem várias empresas que oferecem esse tipo de serviço, assim você não precisa ficar procurando esses profissionais, isso facilitará muito para que tudo saia conforme o planejado, ou o mais próximo disto.

Manutenção

Após a conclusão da piscina, alguns cuidados passam a ser necessários para que não haja desperdício de água e gastos excessivos. A manutenção e os cuidados com a água funcionam basicamente da mesma forma para todos os tipos de piscinas.
Uma boa manutenção evita que a água não sofra influências ambientais e acumule bactérias.
Também ajuda a prevenir problemas como rachaduras, vazamentos e presença de algas.
O ideal é contratar um cuidador para que ele possa aspirar e  renovar a água da piscina, que é a mesma por anos e dificilmente precisa ser trocada. É importante manter a piscina sempre limpa e bem cuidada, pois o excesso de química e cloro pode fazer com que a piscina fique sem brilho e cor.
Lembre-se de que a sua piscina não será um problema se for bem construída e tiver produtos seguros e de boa qualidade e que a manutenção deve feita por profissionais qualificados.
Piscina pronta, agora é só reunir a família e amigos e aproveitar!!

Fontes:

Viva Decora | G1 | Planarq | RedeCon